top of page

Catetinho, o palácio de Tábuas e a Bossa Nova .

Atualizado: 14 de mar. de 2023


A Bossa Nova é um dos gêneros musicais mais famosos e representativos do Brasil. Ela surgiu na década de 1950, principalmente no Rio de Janeiro, e logo se espalhou por todo o país e pelo mundo afora. Muitos artistas consagrados da música brasileira são associados à Bossa Nova, como João Gilberto, Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Elis Regina, entre outros.

Um dos lugares em que a Bossa Nova teve grande destaque e importância histórica é o Palácio de Tábuas, também conhecido como Catetinho, em Brasília. O Catetinho foi a primeira residência oficial do presidente Juscelino Kubitschek na cidade recém-inaugurada, durante a construção da nova capital do Brasil. Foi nesse local que Juscelino recebeu muitos artistas e intelectuais da época, que contribuíram para a formação de um ambiente cultural efervescente e cosmopolita em Brasília.

Dentre esses artistas e intelectuais, destacam-se os músicos da Bossa Nova, que frequentemente se apresentavam no Palácio de Tábuas. João Gilberto, Tom Jobim e Vinícius de Moraes, por exemplo, foram algumas das figuras que se apresentaram no local e ajudaram a disseminar o estilo musical pelo país.

Hoje, o Catetinho é um importante ponto turístico de Brasília e um símbolo da história e memória da cidade. O local abriga um museu que conta a história da construção da capital federal e da vida de Juscelino Kubitschek, além de preservar objetos e documentos da época. Ainda é possível ver algumas das salas e cômodos do Palácio de Tábuas, onde se pode imaginar as apresentações de Bossa Nova que ocorriam ali há décadas atrás.

Trecho do livro : Fonte; Brasília Cibernética ou Faraônica ? - G.I Joffily - 1970
“Este acontecimento provocou curiosa reação de alguns admiradores de Juscelino, que se reuniam habitualmente no Jucas Bar do Rio de Janeiro, e resolveram homenageá-lo com a construção da primeira residência presidencial em Brasília: entre eles, estava Niemeyer, que rascunhou a planta, partindo o engenheiro Roberto Pena com alguns caminhões de material improvisado para executá-la, em operação relâmpago, com simples tábuas de pinho sobre estacas, ao lado da improvisada pista de aterrissagem, na primitiva fazenda Gama.
O precário alojamento foi inaugurado pelo presidente, no dia 29 do mesmo mês, utilizando-o como moradia nas suas frequentes viagens de inspeção, sendo até hoje conhecido como Catetinho, e passando, posteriormente, para o tombo do patrimônio Histórico. ali foram assinados muitos atos oficiais da Presidência da República e pernoitaram várias personalidades, inclusive o presidente de Portugal Craveiro Lopes, e o embaixador dos Estados Unidos, Sr. Briggs.”

112 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page