top of page

Experiência estética no ensino de Ilustração para Editoriais.

Atualizado: 24 de out. de 2023

Luigi Pedone.


A experiência estética nos quadrinhos, cartuns e charges pode ser uma ferramenta valiosa na educação artística, uma vez que esses gêneros combinam elementos de texto e imagem para criar narrativas impactantes e significativas. A visualidade é uma parte fundamental da experiência estética desses gêneros, e os alunos podem aprender sobre a utilização de elementos gráficos, como composição, cores, tipografia e linhas, para transmitir emoções e ideias.

Além disso, a experiência estética nos quadrinhos, cartuns e charges pode ser usada para ensinar aos alunos sobre storytelling, uma vez que esses gêneros são uma forma eficaz de contar histórias de uma forma clara e acessível. Os alunos também podem aprender sobre a importância da representação visual na comunicação de mensagens sociais e políticas, bem como a capacidade dos quadrinhos, cartuns e charges de usar a ironia e o humor para tratar de questões sérias.

Incorporar a experiência estética nos quadrinhos, cartuns e charges em atividades de educação artística pode ajudar a desenvolver habilidades importantes, como pensamento crítico, observação e capacidade de expressão. Além disso, trabalhar com esses gêneros pode ser uma maneira divertida e envolvente de estimular a criatividade e a imaginação dos alunos.

Existem muitos autores talentosos que trabalham com a experiência estética nos quadrinhos e cartuns e contribuem para a construção do sujeito ilustrador editorial. Alguns dos mais influentes incluem:

  1. Art Spiegelman: Conhecido por sua graphic novel "Maus", Spiegelman explorou a forma como a narrativa visual pode ser usada para transmitir histórias complexas e emocionantes. Seu trabalho é amplamente considerado como um marco na história dos quadrinhos e continua a inspirar artistas em todo o mundo.

  2. Marjane Satrapi: Autora da graphic novel "Persepolis", Satrapi é conhecida por sua habilidade de combinar uma estética simples com uma narrativa poderosa e emotiva. Seu trabalho é um exemplo de como os quadrinhos podem ser usados para explorar questões políticas e sociais de maneira acessível e impactante.

  3. Alison Bechdel: Autora da graphic novel "Fun Home", Bechdel é conhecida por seu trabalho que explora a sexualidade, a identidade de gênero e a relação entre pais e filhos. Seu trabalho é uma valiosa contribuição para a construção do sujeito ilustrador editorial, uma vez que aborda questões importantes de maneira inovadora e envolvente.

  4. Joe Sacco: Conhecido por suas reportagens em quadrinhos, Sacco é um dos mais respeitados autores de non-fiction nos quadrinhos. Seu trabalho é conhecido por sua habilidade de transmitir informações complexas de maneira visualmente atraente e acessível.

Estes são apenas alguns exemplos dos muitos talentosos autores que trabalham com a experiência estética nos quadrinhos e cartuns e contribuem para a construção do sujeito ilustrador editorial. Seus trabalhos são uma valiosa fonte de inspiração e ensinamento para futuros artistas e ilustradores.












*Pesquisa Bibliográfica :





  • referência em pesquisas anteriores: LECLANT,Jean, A arte egípcia. 1963

  • AFONSO, Manoela dos Anjos, Algumas histórias e breve registro das artes gráficas no Espaço Cultural 508 Sul. Brasília/FAC-DF, 2006.

  • McCLOUD, Scott, Desvendando Quadrinhos. M.Books. 2004

  • Periódicos Unb: revista da pós-graduação.

    • https://repositorio.unb.br/handle/10482/22007

    • DIAS, Belidson/FERNÁNDEZ, Tatiana, Pedagogia cultural entre viradas, - Universidade de Brasília, Universidade de Brasília, UnB.




Metodologia de pesquisa dos autores citados para a experiência estética foi a busca na

Gibiteca TT Catalão no espaço cultural Renato Russo , Brasília DF.


50 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page